Problema da moral paralela na Administração Pública

18 de dezembro de 2020 Off Por Projeto Questões Escritas e Orais

Alexandre Mazza, em sua obra de Direito Administrativo, disserta sobre o tema:

“Maria Sylvia Zanella Di Pietro, citando Agustín Gordillo, chama a atenção para importante problema da Administração Pública moderna que é a existência de uma duplicidade de regras, processos, organizações e sistemas dentro do aparelho governamental. Regras formais e regras informais; processos formais e processos informais; organizações formais e organizações informais; sistemas formais e sistemas informais. Essa chamada “administração paralela”, edificada à sombra das estruturas estatais oficiais, favoreceria a descrença no dever de cumprimento das regras jurídicas e morais. E conclui a autora, na esteira da lição de Gordillo: “É só por meio da participação popular no controle da Administração Pública que será possível superar a existência dessa administração paralela e, em consequência, da moral paralela”.